Sofia Ribeiro critica "técnicos de gabinete" da Comissão Europeia