Sofia Ribeiro: “é um grande dia para a agricultura europeia”

É um grande dia para a agricultura europeia”, começou por valorizar Sofia Ribeiro, “porque finalmente os agricultores têm uma diretiva que os protege de práticas comerciais desleais, o que permitirá uma maior estabilidade e segurança dos seus rendimentos”. A Eurodeputada falava após o debate sobre esta diretiva que irá garantir a justiça ao longo da cadeia de abastecimento agroalimentar, esta segunda-feira, 11 de março, na sessão plenária de Estrasburgo.

A Social-democrata explicou que, a partir de agora, passarão a estar consagradas na lei as práticas comerciais desleais, “como por exemplo as alterações contratuais unilaterais; a tentativa de imputar aos agricultores as perdas económicas da distribuição; o pagamento de produtos perecíveis num prazo superior a 30 dias e a imposição de esquemas de descontos ou de penalizações sem serem previamente acordados”.

Com este relatório, que foi aprovado hoje na sessão plenária, passa também a ser possível a uma Organização de Produtores fazer uma denúncia em nome de um dos seus associados. Segundo a Eurodeputada açoriana, este “é um grande passo para acabar com pressões e receios, especialmente em mercados pequenos, em que ou aceitavam as condições que lhes davam ou deixariam de fornecer esta entidade”.

Aproxima-se o final do mandato e, Sofia Ribeiro admite que, “agora, mais do que nunca, os nossos concidadãos esperam uma espécie de balanço que lhes mostre a importância para as suas vidas, do que aqui fizemos”. “A diretiva de combate às práticas comerciais desleais na cadeia de abastecimento agroalimentar é um bom exemplo da forma como defendemos os nossos agricultores e por consequência, todos os europeus”, realçou.

A Eurodeputada terminou a sua intervenção em plenário “com a convicção de que este Parlamento Europeu, deixou o sector agrícola um pouco mais protegido do que o encontrou”.